domingo, 17 de fevereiro de 2008

sempre devaneios...


todo tempo do mundo é pouco pra gente achar que é suficientemente aproveitável...

a espera
as desilusões
decepções
A saudade... aquela saudade

vem massacrando, corroendo, machucando, apertando...

será que se eu não pensasse passava?

será que se...

faz tanto tempo que não passo por aqui e cada tempo esquecido aqui é uma escrita pior...

mas o que é que tem a escrita a ver com os sentimentos?

ah... deixa pra lá...

tudo aqui são sempre histórias pelo meio...



afinal, tão difícil definir quando acaba


e ponto.

2 comentários:

I. Bê. disse...

.um ponto seguido, certo?. ou quem sabe uma vírgula errada, só para dar fôlego até o fim da história pela metade.

.amplexos.

Paulinho Apolonio disse...

Ah... queria eu poder escrever a todo momento, pois ssim libertaria tudo o que eu sinto e esse sentimento, saudade, estaria enfraquecido.
O pensamento é uma forma de se massacrar, então não pense e escreva.